Estações de Tratamento de Efluentes - ETE

Meio Ambiente

Soluções Saneamento e Esgoto

A possibilidade do reuso ou o lançamento do efluente tratado no meio ambiente sem que este acarrete riscos de transmissão de doenças de veiculação hídrica passa obrigatoriamente pela desinfecção de efluentes de esgoto sanitário. O sistema GECLOR é recomendado para ETEs para higienização/desinfecção de água de efluentes industriais e água de esgotos tratados. O cloro para agir precisa de um tempo de contato de +/- 20 minutos para que aja sobre os microrganismos. O cloro também reage com a matéria orgânica dissolvida reduzindo a demanda biológica de oxigênio (DBO) e clarifica a água e habilitando para reuso e/ou potabilidade. Para remoção do cloro da água se usa metabisulfito de sódio, dióxido de enxofre ou aeração, antes de retornar ao meio ambiente. O sistema GECLOR é recomendado para ETEs por trazer diversos benefícios e vantagens principalmente em substituição aos tratamentos abaixo:

Ultravioleta

A radiação ultravioleta tem se tornado uma eficiente alternativa de desinfecção, na remoção de vírus e bactérias. Na desinfecção de efluentes tem-se a vantagem de não deixar residual além de não ter a potencialidade de gerar subprodutos prejudiciais à saúde. Porém possui desvantagens que o torna inviável ao processo, tais como:

  • A turbidez e SST (Sólidos Suspensos Totais) tornam ineficiente a desinfecção. É comum e habitual a presença de turbidez nos tratamentos de efluentes;

  • Custo superior ao processo com cloro;

  • Requer um programa de manutenção e limpeza das lâmpadas;

  • As lâmpadas são sensíveis e possuem um alto custo de aquisição;

  • Baixas dosagens podem não inativar efetivamente vírus, esporos e cistos; Organismos podem reparar ou reverter os efeitos destrutivos causados pela radiação.

Gás Cloro

Ao longo de décadas, o cloro gasoso pressurizado tornou-se um padrão para ETAs, que normalmente, eram construídas em locais com pouco povoamento. Com o passar dos anos, as cidades cresceram em torno destas ETAs, com isso a utilização de GÁS CLORO passou a ser um risco constante para população. Temos ainda os riscos inerentes a transporte por rodovias, cidades, áreas residenciais, armazenagem no interior das ETAs e a manipulação dos cilindros. Por questões ambientais e de segurança da população, existem novas regulamentações e restrições ao uso do Gás Cloro bem como a necessidade de adequações as instalações. Tais adequações, na maioria das vezes, são caríssimas e tornam a utilização de GÁS CLORO cada vez mais difícil e dispendiosa.

Hipoclorito de Cálcio

O hipoclorito de cálcio, para ETAs, trás diversas dificuldades para sua utilização, tais como:

- Diluição difícil e, em alguns casos, quando do uso de um misturador, causa uma série de outros problemas: Alta contaminação do ambiente, oxidação de quadros de energia, bombas e materiais ferrosos. O excesso de cálcio, no produto diluído, causa incrustações e entupimentos em tubulações,  em bombas dosadoras, diluidores, etc. Quando utilizado em diluidores a concentração irá variar muito em função do tamanho da pastilha a ser diluída, consequentemente o residual de cloro na rede também sofrerá tais variações.

Instalações Inadequadas e comuns no Brasil.
Instalações Inadequadas e comuns no Brasil.

Hipoclorito de Sódio Tradicional

O hipoclorito de sódio tradicional, comercializado em bombonas ou em tanques, apresenta diversas dificuldades, tais como: concentração, volatilidade, manuseio, riscos no reabastecimento, entre outros. No caso da concentração a solução sai do fabricante com 12% e, por ser um produto muito volátil, começa o processo de perda de concentração. Ao volatilizar (evaporar) transforma-se em Gás Cloro, causando problemas de saturação no ambiente, com riscos de inalação de funcionários, oxidação em quadros de energia, bombas e materiais ferrosos. O processo de reposição ou abastecimento gera riscos ambientais, patrimoniais e operacionais. Este é um produto que demanda um controle na entrega muito grande devido a fácil possibilidade de desvio e/ou adição de água ao mesmo.

Equipamentos do Sistema Geclor

GECLOR®

Gerador de Cloro Fonte Retificador GECLOR Brasandino

ENERGY®

bomba dosadora eletromagnética ENERGY Brasandino

H2OSAT®

Saturador água fluor produtos químicos H2OSAT Quadro de admissão da água Brasandino

Reservatórios

Reservatório Água Fluor Produtos Químicos Polietileno Brasandino
Nosso endereço:

Rua Alberto Pasqualini, 647 A - Pechincha

Rio de Janeiro, RJ - Brasil - CEP 22.740-250

Contate pelo e-mail:
Se preferir, ligue para o telefone:
+55 21 2424 2297
De Segunda a Sexta, das 9h às 18h.

© 2016 - Brasandino. Todos os direitos reservados.

  • Facebook - White Circle
  • Google+ - White Circle
  • YouTube - White Circle